Teorias para o fim do mundo

Finalmente, dezembro chegou. Sei que a Nasa mandou geral ficar tranquilo que o mundo não vai acabar dia 21 de dezembro, mas acontece que eu acredito em todas as teorias da conspiração possíveis. O homem não pisou na Lua, existe vida alienígena e Elvis não morreu (mas o Paul McCartney que eu vi em abril em Florianópolis é o Paul verdadeiro, tenho certeza!). Acontece que as coisas estão tão esquisitas em 2012 que eu realmente acho que dia 21 vai acontecer alguma coisa. Talvez não aconteça, quem sabe? Mas aqui eu quero supor que algo vai acontecer, e minhas apostas são essas:

 

Arrebatamento

Em novembro muita gente boa, trabalhadora, legal e joinha ficou doente. Não, ninguém pegou um resfriado, mas pessoas tiveram AVC, fizeram cirurgias, capotaram o carro e tiveram traumatismo craniano. Elas não morreram, eu sei, mas parece que tem uma força tentando levá-las. Meu palpite? Arrebatamento. Pra quem não sabe, essa é uma teoria religiosa que acredita que vai chegar um dia em que todas as almas elevadas serão levadas da Terra pra um lugar manero, com cerveja, mar, amor, abraços, cochilos de conchinha, comida mexicana e todas as coisas boas da vida. Todas as pessoas que foram boas vão tirar essa férias enquanto os outros, pecadores, preguiçosos, adúlteros e fãs de sertanejo vão ficar por aqui comendo o pão que o diabo amassou, resolvendo contas de matemática, trabalhando em regime escravo, ouvindo MC Mayara 24/7 num calor de 50ºC. Possível que dia 21 metade das pessoas saiam voando pra outro plano e nos deixem aqui na pior versão da Terra. Um saco, morro de medo de ficar por aqui caso o arrebatamento de fato aconteça.

 

Apocalipse Zumbi

Acho que esse é o meu maior medo. Gosto de filmes e jogos de zumbis, mas pense bem: se todo esse negócio realmente fosse verdade seria um saco passar a  vida inteira fugindo, com medo de ser devorada. Fico tremendo nas bases só de imaginar um monte de gente feia querendo arrancar minha pele e minha carne enquanto eu ainda estou viva. Sem contar que o mundo ia ficar feião, todo bagunçado, com várias pessoas feias e pedaços de carne por aí. Zumbis foram uma ótima invenção, sim, mas apenas no campo da ficção. Se for pra acabar o mundo, espero que seja de outra forma. Sei que existe um monte de nerd que fica pensando “eeeee apocalipe zumbi”, mas se fosse verdade nenhum deles teria fôlego o suficiente pra sobreviver mais de cinco minutos. Melhor não.

 

Invasão Alienígena

Aí sim, Deus! A Terra já está meio acabadinha. As pessoas já estão ficando meio piradas indo vestidas de carne pro show da Lady Gaga, os recursos naturais já estão acabando, temos sete bilhões de pessoas e nenhuma estrutura pra sediar um evento desse porte. Uma invasão alienígena (de aliens legais, nada de Daleks, por favor) poderia ser uma boa forma de acabar com o mundo. A Terra é legal, mas poderia aparecer alguma moradia melhor, sabe? Uma nova forma de civilização, novas tecnologias, um estilo de vida menos estressante e tudo o mais. Conviver com formas diferentes que pudessem ser mais tolerantes e ensinar respeito aos humanos, ensinar a igualdade social e todas aquelas coisas que a gente quer, mas que ninguém toma iniciativa pra tornar realidade. Talvez matar algumas pessoas, sei lá. Mas mudar alguns humanos pra outro planeta, começar do zero, uma nova chance. Seria legal, né?

 

Sim, muito provavelmente eu esteja drogada de tanto calor que eu estou sentindo no momento (esqueci de falar do aquecimento global, todo mundo morrendo queimado, etc. Parece uma hipótese bem plausível agora). E sim, eu tô cansadona do meu mundo do jeito que tá e acho que só tá mudando pra pior. De qualquer forma, não custa nada sonhar. Seria legal se eu acertasse alguma das minhas teorias.

O Michael Stipe do R.E.M. tá bem de boa com o fim do mundo.