Para a minha linda

Te vi pela primeiríssima vez tão pequena, tão fofinha, tão apertável, perninhas tão curtas que mal conseguiam andar. Pensando bem, eu também estava mais ou menos da mesma forma: pequena e fofinha (bota fofinha nisso). Na primeira noite já dormimos juntas, e só nos separaram porque enquanto eu dormia profundamente você estava lambendo minha boca (ew!).

Mesmo com suas peculiaridades, nos demos bem desde o começo. Os anos só te fizeram mais bonita, mais esperta. Simpática você nunca foi, mas com uma dona como eu seria um pouco difícil: nós duas gostamos de evitar o resto do mundo, e tudo bem. Você estava presente quando eu quase morri de amores pelo menino que jogava basquete na escola, você também me serviu de almofada quando eu só queria afogar minha cara em algo macio e chorar. Nas manhãs de mau humor, meu dia ficava um pouco melhor quando via seus olhos amassados de sono e suas espreguiçadas pra vir me dar bom dia.

Nós duas temos o cabelo ruim, só damos atenção pra quem queremos e gostamos de dormir até tarde. Até me identifico com o fato de que hoje em dia você faz parte de um grupo ridicularizado por essas pessoas que não sabem apreciar coisas boas. Somos próximas, praticamente irmãs.

Então não, não venham me falar que você já está velha demais e que é melhor sacrificar. Pro inferno com o filho da puta que acredita que você pode ser tirada da minha vida de qualquer maneira. Não quero te ver sofrer, mas também não quero te perder. Enquanto der eu vou fazer o possível e o impossível pra te manter aqui comigo.

Anúncios

Incompetência consciente

Sai da cama mais cedo, com agenda e cabeça cheias de planos e ideias. Me empenhei por horas no trabalho, na faculdade e ao invés de terminar o dia com sensação de dever cumprido, coloquei minha cabeça no travesseiro decepcionada comigo mesma. Sei que ocorrem imprevistos no caminho e que as coisas podem não tomar o rumo que eu quero e espero, sei também que existem pessoas bem melhores que eu. Só acho difícil aceitar que eu não sou nem metade do que eu gostaria de ser. Pode ser só um dia ruim, pode ser o momento em que eu me dei conta de que eu não sei nada.