Não veio, não quero mais

Certa vez me contaram uma história engraçada de bar. Um dos meninos, que já estava bêbado, pediu uma porção ao garçom. O atendimento era péssimo, o tempo passava e nada da porção chegar. O menino chamou o garçom e disse “já que não veio, não quero”. O garçom insistiu, falou que a porção já estava sendo preparada e já iria chegar, mas o cara não quis saber “já que não veio, não quero”.

Não sei porque, mas me lembrei de você e dessa história. Eu corro atrás, eu peço, você fala que já vai, já vai, vai melhorar e nada. Falta pouco, muito pouco mesmo pra eu te dizer “já que não veio, não quero”. Cansei.